7 de mar de 2017

Militar gaúcha assediada retorna ao cargo após decisão premiada


Divulgação/iStock

Militar gaúcha assediada retorna ao cargo após decisão premiada

Alvo de assédio, uma militar foi reintegrada à Marinha após ser desligada sem o devido processo legal. A militar foi tratada com desrespeito, deboche e machismo por seus superiores, com termos como "galinha” e “chuchuquinha”. A decisão, da Justiça Federal gaúcha a favor da mulher, venceu a categoria Direito das Mulheres do I Concurso Nacional de Decisões Judiciais e Acórdãos em Direitos Humanos.
Créditos CNJ/Blog do Capitão Fernando. Leia matéria.