29 de nov de 2016

Diretoria da Chapecoense espera que corpos sejam repatriados até quinta

Integrantes da diretoria da Chapecoense disseram nesta terça-feira que acreditam que os corpos das vítimas do acidente aéreo de Medellín serão liberados na próxima quinta para repatriação.

"Temos um grupo de médicos que está embarcando rumo a Medellín para fazer a identificação dos corpos", explicou Gelson Gadanha Costa, conselheiro do clube catarinense, em pronunciamento à imprensa na Arena Condá, em Chapecó.
"Os corpos serão liberadas a partir da quinta-feira à tarde, mas dependerá da identificação que os médicos farão após a chegada em Medellín", acrescentou.
O vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, afirmou que tudo indica que as vítimas serão transferidas para São Paulo, onde lhes esperarão os familiares para a realização de uma nova identificação.
"Nossa ideia era fazer um velório coletivo neste estádio querido. Todas as pessoas queriam dar apoio, dar um abraço e depois disso brindar o apoio logístico às pessoas em cada cidade de residência", revelou Tozzo, que viajaria no avião acidentado, mas mudou de ideia de última hora.
"Eu estava na lista para viajar também. Não sei por que deixei tudo. Tive um pressentimento e não quis ir. As pessoas me chamavam, diziam 'vamos lá, isso vai ficar para a história', mas não fui e desejei boa viagem para todo mundo. É difícil. Quando recebi a notícia nesta manhã, achava que era um pesadelo", relatou.
O dirigente destacou o momento vivido pela Chape, que, depois de ter superado um período de dificuldades econômicas, conseguiu surpreender o mundo do futebol com sua ascensão da quarta divisão, em 2009, à primeira, em 2014.
"Passamos por muitas dificuldades. Agora que tudo estava perfeito, a diretoria fantástica, pagando em dia, fazendo todas as obrigações, todo mundo gostava de jogar no Chapecoense...", lamentou.
"Estávamos com uma equipe fantástica, que era a alegria de Chapecó e do Brasil porque a maioria das pessoas tinha a Chapecoense como segundo time. Nós, brasileiros, temos poucas alegrias, e a Chapecoense era uma delas", completou. Créditos Terra / Blog do Capitão Fernando
 - - - - 
Publicidade:
  Clique aqui e acabe com o mau hálito para sempre!