24 de nov de 2016

Comandante do Exército critica na Câmara tese de intervenção militar. É 'desserviço à democracia', afirmou na Câmara general Villas Bôas.


O comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas (último, da esq. para a dir.), em audiência na Câmara com o ministro Raul Jungmann (segundo da esq. para a dir.) e os comandantes da Aeronáutica e da Marinha (Foto: Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados)


Comandante do Exército critica na Câmara tese de intervenção militar. É 'desserviço à democracia', afirmou na Câmara general Villas Bôas. Leia matéria.










 - - - - - - -

Publicidade:




Áudio-Livro Restaure ou Renove Seu Casamento

Clique aqui e seja feliz!