11 de out de 2016

DEPOIS DE ABRIR O PRÉ-SAL, GLOBO COBRA FIM DO CONTEÚDO NACIONAL NO PETRÓLEO

Sergio Moraes / Reuters
Créditos 247

"Nem todo o terreno está aplainado", diz editorial do Globo, sobre o novo modelo do petróleo, após a abertura do pré-sal; "Falta redefinir para níveis realistas os índices de nacionalização dos equipamentos a serem usados nestes investimentos. Por serem muito elevados, na regulação estatista do pré-sal, não apenas desestimulam empresas, como elevam o custo de operação da Petrobras e reduzem sua eficiência. Espera-se que seja questão de tempo remover mais este entulho regulatório". Leia mais.