22 de out de 2016

AGU comprova que ex-militar curado de transtorno não deve permanecer na reserva.

AGU comprova que ex-militar curado de transtorno não deve permanecer na reserva.

Os advogados da União que atuaram no caso comprovaram a superação da incapacidade que justificou a reforma e obtiveram decisão que desobriga a União a pagar o benefício.


https://easadvocaciamilitar.wordpress.com/2016/05/23/agu-comprova-que-ex-militar-curado-de-transtorno-nao-deve-permanecer-na-reserva/