24 de jun de 2016

MINISTÉRIO DA DEFESA PROMOVE SEMINÁRIO SOBRE ATUAÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS NA SEGURANÇA DOS JOGOS OLÍMPICOS E PARALÍMPICOS RIO 2016





Brasília (DF) – Na quarta-feira, 22 de junho, foi realizado no Comando Militar do Planalto (CMP), a abertura do seminário “Emprego do MD na segurança dos jogos Rio 2016”, que visa apresentar o planejamento dos Comandos Militares que atuarão na segurança dos jogos, bem como a integração das Forças Armada com os Órgãos de Segurança Pública e Inteligência federais, estaduais e municipais.

Os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos Rio 2016 devem reunir aproximadamente 700 mil turistas, 209 nações, 100 mandatários, 30 mil jornalistas e cerca de 12 mil atletas. E contará pela primeira vez na realização das Olimpíadas, com um centro internacional de inteligência, com participação de 100 países.
No total serão 38 mil militares das Forças Armadas (Marinha, Exército e Aeronáutica), sendo 20 mil sediados no Rio de Janeiro, que atuarão nos jogos em ações marítimas e fluviais, aeroespaciais e aeroportuárias, transporte aéreo, logístico, defesa química, biológica, radiológica e nuclear (DQBRN), proteção de estruturas estratégicas, segurança e defesa cibernética, fiscalização de produtos controlados e explosivos, e o enfrentamento ao terrorismo.
Estiveram presentes na abertura do evento, o Ministro de Estado da Defesa, Raul Jungmann, o Ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Moraes; e o Ministro do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, General de Exército Sergio Westphalen Etchegoyen, além do Governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.
Também participaram do seminário autoridades militares como Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, Almirante de Esquadra Ademir Sobrinho, e os Comandantes da Marinha, Almirante de Esquadra Eduardo BarcellarLeal Ferreira, e da Aeronáutica Tenente-Brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato. O Chefe do Departamento-Geral do Pessoal, General de Exército Francisco Carlos Modesto, representando o Comandante do Exército na ocasião, o Comandante de Operações Terrestres, General de Exército Araken de Albuquerque e o Subcomandante de Operações Terrestres, General de Divisão César Augusto Nardi de Souza. Créditos COTER.
  • CLICK_TO_ENLARGE 1.jpg
  • CLICK_TO_ENLARGE 2.jpg
  • CLICK_TO_ENLARGE 3.jpg