18 de dez de 2015

Governo Brasileiro erra, e erra feio, em não aceitar o nome proposto por Israel para sua embaixada

Dani Dayan, diplomata israelense
Dani Dayan, diplomata . VEJA/AP
Em resumo:
Israel propos o nome de Dani Dayan para substituir Reda Mansour no honroso cargo de embaixador de Israel no Brasil.
O governo brasileiro defende a existência de 02 Estados - Palestina e Israel, bem como a desocupação da Cisjordânia por Israel. Ocorre que o nome proposto por Israel é de um dos grandes líderes dos colonos judeus dessa região.

Israel atravessa, por sinal desde quando o mundo é mundo, guerras que tentam a sua destruição. Qualquer movimento na Cisjordânia diferente do que existe hoje, a meu ver, representa uma ameaça a segurança, inclusive a existência do Estado soberano de Israel .

Diante disso, o Brasil agindo como está agindo, ele passa a estar interferindo na política interna de Israel e por este motivo, Dilma Roussef erra e erra feio, sob minha opinião.