1 de jun de 2015

Um curso de defesa contra assaltos à faca: veja aqui


Cartaz divulga curso de defesa pessoal

Veja na imagem ao lado o seminário que a Federação de Krav Maga vai oferecer. Defesa contra assalto à faca. Este cartaz, colado numa academia do Leblon, foi fotografado pela atriz Dadá Coelho. “Saudade de quando a facada que o brasileiro levava era só no bolso”, lamenta ela, autora de um “Conto de facas”.
À frente do curso, Jacob Lichtenstein, o Mestre Kobi, esclarece que a aula não incentiva as pessoas a reagirem a assaltos. "Ensinamos o aluno a se proteger com técnicas simples, baseadas nos movimentos naturais do ser humano. É uma situação em que não te resta outra opção, ninguém estará ali por você: é preciso agir rápido para defender a si mesmo", diz.
Ele conta que a formação surgiu de uma demanda dos alunos, que andam preocupados com o que está acontecendo nas ruas. "A filosofia da agressão no Rio mudou: hoje, você é atingido primeiro e só depois levam os seus pertences. Você é atacado mesmo que não mostre nenhuma reação ou vontade de enfrentar o bandido. É violência gratuita", analisa.
Segundo ele, o objetivo do seminário não é apenas ensinar como se prevenir contra abordagens violentas ("pessoas distraídas em situação de espera e as que caminham devagar acabam se tornando alvos fáceis"), mas também mostrar como evitar golpes sucessivos, no caso de um ataque com faca. "Trabalhamos com a percepção e com habilidades que ajudam a vítima se desvencilhar do agressor".
* Maria Fortuna e Gabriela Leal