18 de fev de 2015

Programa Segundo Tempo/Forças no Esporte deve atender 20 mil crianças em 2016

Brasília, 11/02/2015 – O incremento do programa Segundo Tempo/Forças no Esporte (Profesp) foi tema de reunião entre os ministros da Defesa, Jaques Wagner, e do Esporte, George Hilton, na última terça-feira (10), em Brasília (DF). A meta é atingir no próximo ano 20 mil crianças e chegar a 30 mil em 2018. O encontro ocorreu no gabinete do ministro Wagner e segue orientação da presidenta Dilma Rousseff.
Foto: PH Freitas
O ministro da Defesa ouviu o relato do colega George Hilton que se prontificou “a estimular as parcerias junto às prefeituras locais a fim de apoiarem a iniciativa dos dois ministérios e, com isso, caminhar para a ampliação, nos próximos quatro anos, para 30 mil beneficiados em todos os estados brasileiros”.
O programa oferece, nas organizações militares, atividades esportivas a crianças e jovens em situação de risco social, prioritariamente da rede pública.
Iniciado em 2003, o Forças no Esporte tem comprovada experiência de articulações com diversos setores, tendo consolidado parcerias com governos estaduais e municipais, universidades e juizados da criança e adolescência. O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome é o responsável pela alimentação dos estudantes beneficiados.
Com atividades esportivas mantidas com recursos do Ministério do Esporte, esse trabalho torna-se cada vez mais relevante ao disponibilizar, por parte do Ministério da Defesa, serviços médicos e odontológicos, bem como assistência social. O Profesp conta com recursos humanos diferenciados, como coordenadores e monitores da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, professores de educação física, cozinheiros, nutricionistas e demais profissionais.
No ano passado foram atendidos 15 mil jovens e crianças, em 144 núcleos das organizações militares, contemplando 67 municípios de 25 estados brasileiros.
Assessoria de Comunicação Social (Ascom)
Ministérios da Defesa e Esporte
61 3312-4070