27 de abr de 2014

Defesa Antiaérea apresenta projeto ao Comandante do Exército. Força ainda não tem condições de apresentar às industrias de defesa os equipamentos que necessita. Orçamento de R$ 2,3 Bi

Trabalho apresentado ao Comandante do Exército

A equipe do Projeto Estratégico de Defesa Antiaérea do Exército, chefiada pelo Gen Márcio Heise, apresentou ao Comandante do Exército, a conclusão da 1a fase do projeto, que tem como objetivo atualizar o Sistema de Defesa Antiaérea da Força Terrestre.
A proposta, que atende às exigências da Estratégia Nacional de Defesa, está orçada em R$ 2.354 bilhões - recursos que vão servir para proteger as estruturas consideradas estratégicas para o país, tais como usinas hidrelétricas e nucleares, aeroportos, portos e estações de transmissões.

Segundo as informações divulgadas, hoje, o Exército Brasileiro ainda não tem condições de apresentar às indústrias de defesa os equipamentos de que necessita para proteger o país. Tal fato pode ajudar, ou mesmo prejudicar a suposta compra de peças de artilharia antiaérea da Rússia. Lembrando que estamos nas vésperas da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Foto EB