20 de fev de 2014

Dilma esclarece os empréstimos do BNDES à Cuba

ÀS CLARAS

Para encerrar de vez com os boatos sobre o Porto de Mariel, a presidenta Dilma Rousseff voltou a esclarecer que não houve financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o ‪#‎BNDES‬, ao governo de Cuba na construção do Porto de Mariel.

Ao contrário do discurso mal intencionado disseminado nas redes sociais, o financiamento do BNDES foi destinado a 400 empresas brasileiras, que geraram mais de 150 mil empregos no Brasil e 800 milhões de dólares na exportação de bens e serviços do nosso País.

Não podemos esquecer jamais: o BNDES é um banco do povo brasileiro, dos interesses do Brasil.

O banco não faz "doações", faz empréstimos e atua como parceiro financeiro, garantindo investimentos para o País.

Leia mais http://bit.ly/1bljS9z