18 de abr de 2016

DIRIGENTE DO MST: ‘QUEM RASGAR A CONSTITUIÇÃO NÃO DORMIRÁ EM PAZ’

:
Créditos 247
Um dos principais dirigentes do MST e da Via Campesina no Rio Grande do Sul, Cedenir de Oliveira disse acreditar que a crise política "pode se agravar ainda mais se a Constituição e o processo democrático forem interrompidos por meio dessa tentativa de impeachment contra a presidenta Dilma"; "O nome disso é golpe constitucional sem que exista nenhum argumento jurídico para justificar o impeachment”, diz Cedenir; segundo ele, os autores "dessa ruptura também poderão sofrer ações não democráticas, pois colocaram a si e a todo país para fora do estado democrático de direito"; "Aqueles que rasgarem a Constituição não dormirão em paz". Leia mais