1 de fev de 2016

Forças Armadas serão vitais para conscientizar população na faxina contra mosquito, afirma Dilma


Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Dilma acompanha faxina no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília: Foças Armadas vão ajudar governo a estimular participação da sociedade no combate ao Aedes aegypt. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Já como parte da faxina que será feita em todas as suas unidades do governo, para eliminar eventuais criadouros do mosquitoAedes aegypti, a presidenta Dilma Rousseff acompanhou, nesta sexta-feira (29), o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, na fiscalização dos trabalhos dos militares no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (DF).
Durante a visita, destacou que a participação das Forças Armadas será o centro da campanha que o governo pretende fazer, para estimular a participação da sociedade nessa luta, por causa da capacidade de mobilização, disciplina e poder de conscientização dos militares. “É isso que vai permitir que, a partir do dia 13, a nossa mobilização tenha sucesso. É essa relação. Essa capacidade de ação, de conscientização”.
Ela elogiou a credibilidade das Forças Armadas e acrescentou: “A gente vê aqui como, ao treinar um grupo de soldados, você tem uma possibilidade imensa de expandir esse treinamento, essa capacidade de explicar pra população: ‘Olha, veja esse bueiro. Esse bueiro é um local que pode estar criando a larva do mosquito, que vai produzir microcefalia logo ali, na esquina. Ao fazer isso, e ao exterminar esse mosquito, eu estou contribuindo para preservar a vida de uma mãe, de uma criança”.