3 de jul de 2015

Justiça federal nega habeas corpus preventivo a José Dirceu

José Dirceu. Foto reprodução

Pedido foi feito nesta quinta pela defesa do ex-ministro da Casa Civil.

Advogado queria evitar a prisão dele na operação Lava Jato.


A justiça federal negou o habeas corpus preventivo pedido nesta quinta (2) pela defesa do ex-ministro José Dirceu, do PT. O advogado, Roberto Podval, queria evitar a prisão dele na operação Lava Jato depois que o empresário Milton Pascowitch disse, na delação premiada, que pagou propina ao ex-ministro. O juiz Inivaldo Brunoni afirmou que não há risco concreto para justificar o habeas corpus e considerou o pedido inapropriado. Roberto Podval não quis comentar a decisão, mas disse que vai recorrer.