20 de jan de 2015

Primeiro-ministro japonês exige libertação imediata de reféns do Estado Islâmico



INTERNACIONAL

O Primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, exigiu hoje (20) a libertação imediata de dois reféns que o movimento extremista Estado Islâmico ameaçou matar e SE recusou pagar resgate de US$ 200 milhões. Leia matéria na nossa página Internacional.