3 de jun de 2014

Vencemos mais uma! Quadro Especial consegue isonomia a segmento feminino e a taifeiros. Companheiros da FAB poderão ser promovidos à graduação de Subtenente

Brasília 28/05 - O Senado Federal aprovou a emenda n° 72, da MP 632/2013 que concede isonomia aos integrantes do Quadro Especial de Sargentos da Aeronáutica (QESA), concedendo-lhes os direitos já garantidos aos integrantes do Quadro Feminino da Aeronáutica, bem como aos do Quadro de Taifeiros da Aeronáutica.

A emenda agora só dependente da sanção presidencial para entregar em vigor,  garante a promoção até Suboficial, com direitos e prerrogativas inerentes à graduação. O benefício abrange os militares transferidos para a reserva após 21 de fevereiro de 1984 e as pensionistas dos que faleceram após 31 de julho de 2000.

Lembrando que: O Brigadeiro Saito, comandante da FAB, havia prometido a promoção somente à 2° sargento, exatamente como aconteceu com os sargentos QE do Exército. Leia Memória:


Todo esse esforço político envolveu mais de 200 deputados federais, muitos da base do Governo Dilma Roussef (PT), que compunham a Frente Parlamentar da causa QESA. 

Esse trabalho como um todo começou ainda nos anos de 1986, liderados pelos companheiros taifeiros da FAB, que, através de um grande esforço político - à frente a filha de um deles e membro da Direção Nacional - conseguiu que fossem promovidos à graduação de subtenente.




Capitão Fernando pede à presidenta Dilma apoio à promoção dos sargentos QE



Com isso, abriu-se um precedente gigantesco para os companheiros QE e QESA, pois eram superiores na hierarquia aos taifeiros. Assim, poderiam questionar - política ou judicialmente - uma equiparação, isonomia, ao antes inferiores na hierarquia e hoje superiores hierárquicos.

E então essa isonomia anteontem conseguida é somente mais uma etapa de uma briga política e judicial que ainda vai longe:

Vamos lutar para que agora o foco seja a promoção à graduação de ST para todos os QE, da ativa, reserva, pensionistas e reformados.
Eis o objetivo da próxima legislatura e a campanha política está a um passo de começar!
Quem quiser se juntar a mim (nosso grupo) nesse trabalho político, favor fazer contato através do email: capitaoluisfernando@gmail.com


Nosso objetivo:

1. ELEGER UM DEPUTADO FEDERAL POR ESTADO E TERMOS ASSENTO NO MANDATO DESSE COMPANHEIRO ELEITO. 

OBS: NÃO SERÁ UM CANDIDATO-MILITAR, PORQUE SINCERAMENTE NÃO ACREDITAMOS EM VITÓRIA. SERÁ UM DEPUTADO QUE JÁ VAI SER ELEITO, VAMOS APENAS CONTRIBUIR PARA QUE POSSAMOS COMPLETAR OS VOTOS NECESSÁRIOS A ESSE COMPANHEIRO.

2.FORMAR UMA BANCADA MILITAR, FORMADA POR DEPUTADOS CIVIS, PORÉM COM MILITARES POR DENTRO DO SEU MANDATO. UM GRUPO UNIFICADO, DE PROJEÇÃO NACIONAL


Preciso de você, companheiro - companheira. Vamos à luta política! Junte-se a nosso grupo!


Não adianta colocar uma melancia na cabeça, se jogar na Ponte Rio Niterói ou sugerir colocar bomba aqui e ali, como à época fez o Bolsonaro. Hoje as coisas são bem diferentes, o Brasil é gigante e os interesses, mesmo dentro de nossa classe, são muito distintos uns dos outros. Ainda, temos 03 Forças Armadas completamente distintas umas das outras, com interesses próprios e inerentes à sua atividade-fim.


Ninguém é bobo! Companheiros, companheiras. 
Temos que apontar para o lado certo e não para o errado, como fizeram, em 2010, por exemplo os candidatos: Cel Sparta - que apoiou o PSDB-RS de malfadada Yeda Crussius (PSDB-RS), General Boabaid - que o seguiu; Ivone Luzardo (Ex-DEM/DF), que apoiou o ex-governador - cassado por corrupção - José Roberto Arruda (DEM-DF), dentre outros.

O partido que não é partido, o PMB, lança o sargento que se jogou da ponte, num ato que, lógico e evidente, não passa de um "jogo de mídia" e se junta ao PRTB, que em última análise é da Base do Governo Dilma e , num eventual 2° mandato também o será.

No Brasil só temos 2 lados: Ou abraça-se o guarda-chuvas do PT, ou do PSDB. Fora isso, é disputa de espaço dentro de um ou de outro projeto político. Ou é Lula ou FHC, ou é Dilma ou Aécio Neves. Lembrando que o PSDB nos deixou 8 anos sem nenhum aumento salarial. 0% em 8 anos e que Lula e Dilma tiveram que fazer reposições salariais, ainda que não estejam suficientes aos anseios da Familia Militar.

NÃO PODEMOS RETROCEDER - NADA DE VOLTAR PARA O PESSADO SOMBRIO

Eu tenho 100% de certeza que nosso projeto vai vencer, restando saber, apenas, se será no 1° turno e vamos eleger 120 deputados, ou se vamos vencer num 2° turno, inclusive com Eduardo Campos apoiando novamente a base aliada como sempre fez em toda sua vida.

Companheiros, companheiras: o lado certo é Dilma Roussef (PT)







TEMOS QUE FORMAR UMA BANCADA MILITAR



Favor fazer contato diretamente comigo:
capitaoluisfernando@gmail.com

- - - - - - -
Conheça as páginas do Blog do Capitão Fernando:







Curta nossa página no Facebook:


Siga-me no twitter clicando aqui.


Colabore com o Blog do Capitão Fernando