20 de mai de 2014

Fratricídio entre PSB e PSDB - sinais claros de rompimento de acordo em MG. Dilma sai beneficada, por consequência. PSB falta ao lançamento de chapa tucana em MG. Notícia analisada.

Foto Tribuna de Minas.
POLÍTICA - Belo Horizonte/MG - 19/05

Aproxima-se uma disputa eleitoral nacional, basicamente entre o PT e o PSDB, cujos pré-candidatos são Dilma Roussef e Aécio Neves, respectivamente. Um 3° candidato, sem maiores expressões aparece no páreo, Eduardo Campos do PSB, que naturalmente disputa junto com Aécio Neves o voto do anti-petismo, da direita e da oposição.
Os "meio-aliados" Aécio e Campos fizeram um acordo de não lançar candidatos próprios um no estado do outro. No caso, o PSB não lançaria candidato ao governo de MG, estado de Aécio (PSDB) e em contrapartida, o PSDB não lançaria candidato ao governo de Pernambuco, estado de Eduardo Campos (PSB). Porém, temos sinais claros que esse acordo tem tudo para chafurdar e ambos os partidos vão lançar candidatos em seus estados, num claro fratricídio (amigo matar amigo) entre as forças políticas que disputam contra a nossa divã, a presidenta Dilma Roussef, que caminha a passos largos para vencer a disputa ainda no 1° turno. Leia detalhes