15 de mar de 2014

Bronze nos Jogos Mundiais Militares, atletas recebem “Mérito Desportivo Militar”. Parabéns a um amigo que recebeu tamanha honraria.

Major Nilton Gomes Rolim recebe a Medalha do Mérito Desportivo. Foto perfil facebook Nilton Rolim.


Bronze nos Jogos Mundiais Militares, atletas recebem “Mérito Desportivo Militar”

Brasília, 14/03/2014 – Trinta e seis atletas que conquistaram medalha de bronze nos 5º Jogos Mundiais Militares (JMM), realizado no Rio de Janeiro, em 2011, foram agraciados com a medalha do “Mérito Desportivo Militar”. Outorgada pelo ministro da Defesa, Celso Amorim, a comenda tem por objetivo reconhecer a participação em prol do desporto militar brasileiro. Essa é a 7ª edição que já homenageou, nas duas vezes anteriores, atletas detentores de medalhas de ouro e prata nos JMM. A honraria também reconhece atuações de militares e civis nesse segmento.


Durante a cerimônia foi lida mensagem do ministro Celso Amorim na qual destaca a mobilização dos atletas para a próxima edição dos Jogos Militares, no próximo ano, na Coreia do Sul. Segundo o ministro, o Brasil tentará repetir o desempenho de 2011, quando conquistou 114 medalhas, e liderou o ranking geral.

“Vivemos hoje uma década de ouro do esporte brasileiro, que deverá atingir o seu ápice em 2016, com a realização dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro. Nesse cenário, destaco a participação que as Forças Armadas brasileiras terão nos 6os Jogos Mundiais Militares, na Coreia do Sul, em 2015.

Temos por meta consolidar, naquele evento, a invejável posição alcançada nos Jogos realizados no Brasil em 2011. Estou seguro de que enviaremos à Coreia do Sul, no ano que vem, uma extraordinária delegação militar, de forma a manter o desporto militar brasileiro no lugar de destaque que agora ocupa”, afirmou.

Ainda na mensagem, o ministro lembrou o primeiro atleta-militar a desempenhar papel significativo numa competição esportiva: o tenente Guilherme Paraense, na modalidade tiro, nos jogos Olímpicos, em 1920, pelo Exército. Ele também ressaltou a conquista da primeira medalha de ouro em prova feminina, da judoca Sarah Menezes, nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

“Ao longo de quase um século que separa esses feitos, outros atletas militares conquistaram significativos lauréis para nosso país. Essas vitórias foram fruto da aptidão, do esforço e da determinação individual de cada um deles, mas também do trabalho silente desenvolvido por outros brasileiros e brasileiras, no apoio eficaz a atletas e a equipes”, destacou o ministro na mensagem. 

Mérito Desportivo Militar

A cerimônia de entrega do Mérito Desportivo Militar ocorreu, nesta sexta-feira (14), no hangar do Grupo de Transporte Especial (GTE), na Base Aérea de Brasília. O ato teve início com o posicionamento das autoridades no dispositivo montado nos fundos do hangar. Em seguida, a Banda da Base Aérea executou o Hino Nacional e, logo após, os agraciados já enfileirados receberam as medalhas dos paraninfos.

Criada pelo Decreto nº 5.958, de 7 de novembro de 2006, a medalha tem por objetivo premiar militares brasileiros que se destacaram em competições desportivas nacionais e internacionais, assim como militares e civis brasileiros ou estrangeiros que prestaram relevantes serviços ao desporto militar do Brasil.



Foto: Jorge Cardoso
Assessoria de Comunicação Social


Meus parabéns ao major Nilton Rolim.